Gratidão. Esta família linda, que todos querem para si, nada tem a ver com o texto, é apenas ilustração. 



         Quer um conselho de graça? Nunca se importe com parentes invejosos, mesquinhos. Ainda mais se forem aproveitadores e folgados. Siga a sua vida longe deles e feliz.

         As relações humanas sempre foram complicadas, mas  quando se trata da família, podem ser ainda mais sufocantes, pois além da chateação pinta na área um sentimento de culpa, até por obrigação, que dificulta nossa tomada de decisão.

         Mas, estejamos convictos de que podemos e devemos tirar da nossa vida os familiares que nos fazem mal. 

        Não  temos que suportar o insuportável por medo ou culpa, colocando irresponsavelmente a nossa felicidade em segundo lugar.
Sempre haverá situações problemáticas e conflituosas, mas existem circunstâncias que não podemos aceitar de jeito nenhum.

        Aqui, explicaremos que elas não estão corretas e prejudicam significativamente nosso estilo de vida, o exercício da personalidade e da felicidade que almejamos.




Justas razões que justificam ficarmos longe desses familiares:



1.   Eles querem nos manipular em benefício próprio.

       Observa-se isto quando essa pessoa em um dia trata você bem, mas, sem motivo, no outro lhe trata mal.

       Se esta situação se repetir ao longo do tempo, e observamos que só nos tratam bem quando nos pedem algo, já temos um sinal claro de manipulação.

     Também pode acontecer quando eles percebem que você está se afastando.

     Veja nisso uma razão para você considerar se afastar dessa pessoa.



     2. Questiona tudo, inverte tudo e decide por você.


         Visa sempre desestabilizar você. Essa tática é usada para fazer a pessoa se sentir impotente, insegura e questionar sua percepção, sanidade e memória. Isto é fácil de descobrir quando o outro faz algo que não está certo, você o questiona e ele nega.

          Não hesite depois de um tempo de começar a se afastar para seu próprio bem.


                     3. Julga você abertamente.


         Ninguém pode ceder no exercício da autoconfiança nem na obrigação do autoconhecimento.

        Críticas construtivas, como a própria palavra diz, constroem sua personalidade e fazem com que você mude para ser uma pessoa melhor, mas se você sente que, para cada coisa que você faz, elas criticam, julgam e sentem que sua autoestima e sentimentos começam a diminuir.
  
      Uma crítica nunca é construtiva, porque representa o juízo de valor de fora para dentro, a opinião de outra pessoa sobre como você escolheu viver a sua vida. Não seja porque a crítica dói, mas porque é uma atitude de desrespeito criticar a sua escolha sem você pedir.


         4. Eles só ajudam quando você retribui.


         Famílias servem também para ajudar/sermos ajudados.

         O ideal é sempre ajudar sem nenhuma intenção de receber algo em troca. Como também pedir ajuda sem nenhuma obrigação de retribuição.

         Se alguém só lhe ajuda quando vai favorecer a si mesmo e não a você, então é melhor se afastar dessa pessoa.



         5. Você sabe que eles falam pelas suas costas.


       Uma família pode ter segredos, mas eles sempre protegem um ao outro. Eles devem respeitar sua vulnerabilidade e privacidade, falar de você pelas costas, não está certo, você tem duas opções, ou não diz nada a essas pessoas ou simplesmente se afastar. 

     Conselho não se dá, mas considere escolher a segunda escolha.



0 Comentários