De Caio Fernando Abreu: “Bonito mesmo é essa coisa da vida: um dia, quando menos se espera, a gente se supera. E chega mais perto de ser quem – na verdade – a gente é.”

             Talvez  um coração limpo  tenha maiores chances de estar mais preparado para receber um novo amor com  a mesma predisposição de dar certo.

              Para começo de conversa deixemos claro que um coração limpo não é um coração sem marcas (até porque não conheço um ser humano na face da terra que não tenha lembranças ruins, amores mal resolvidos ou histórias dignas de filmes). 

              Nosso coração é cheio de marcas e de cicatrizes mesmo. Algumas possuem até nome e endereço. A questão que discutiremos aqui é como somos capazes de amar em liberdade e não valorizamos isso.

                                     


             As vezes mal saímos de um relacionamento e já almejamos outro, até sem muita reflexão. Tudo para não pagar o preço da saudade, carência ou rejeição. O problema é que limpar um coração exige tempo e nem sempre esse tempo vem tão curto como gostaríamos.

            Para que uma relação dê certo não podemos trazer  traumas de relações antigas.

            É preciso entender que tudo o que acontece tem seu motivo e ninguém cai de paraquedas em nossa vida sem a nossa permissão. Mesmo dos relacionamentos ruins tiramos ensinamentos que serão levados vida afora conosco, as vezes para sempre.

            Purifique sua mente, busque equilíbrio emocional e pare de aceitar migalhas de atenção.

            Entenda que você é um ser único e, como tal, merece um relacionamento leve, intenso e duradouro. Acredite no amor, nas pessoas e nas novas possibilidades que surgem na sua vida.
E boa sorte.

            Um cor    ação limpo é um coração preparado para receber um novo amor, com alguém disposto a fazer dar certo. É um coração curado, forte e equilibrado e, acredite, isso fará de você uma nova pessoa.

0 Comentários