Dia 16 de julho é o Dia de Nossa Senhora do Carmo porque foi nesse dia, em 1251, que São Simão Stock recebeu a visão de Nossa Senhora.
Ouvi falar dela pequeno ainda, por causa de duas amigas de infância muito próximas e queridas. A enfermeira Maria do Carmo Martins, muito caridosa, meiga, que havia se feito um espírito muito grande e se portava de forma amorosa com os enfermos e seus familiares no hospital em que trabalhava.
As duas trabalhavam nesse hospital. A segunda, Marlene do Carmo Rossi, era dentista, amável, foi uma menina totalmente voltada para o amor e a solidariedade.
Ambas sabiam porque carregavam aquele “do Carmo” no nome e o escapulário no pescoço. Eram protegidas pela santa padroeira da Capela da Santa Casa de Misericórdia de Capivari, que outrora foi pomposa e bem cuidada. Andou capenga e hoje de 2019 não sei dizer.
O Monte Carmelo é um local sagrado na Terra Santa, onde viveu o profeta Elias e onde fundou-se, no final do século XII, a "Ordem dos Irmãos da Bem-Aventurada Virgem Maria do Monte Carmelo", mais conhecida como "Ordem do Carmo".
Quando não puderam mais ocupar aquela área, os carmelitas foram para a Europa, onde enfrentaram muitas dificuldades, inclusive materiais.
No dia 16 de julho de 1251, no convento de Cambridge, na Inglaterra, São Simão Stock, em profunda oração, pediu um sinal de proteção à Nossa Senhora, e foi atendido pela visão do escapulário, como símbolo e como forma de proteção.
Por isso, todo dia 16 de julho celebra-se mundialmente o dia de Nossa Senhora do Carmo, em gratidão e louvor por sua intercessão junto à humanidade.

                        APARIÇÃO NO SEU DIA

Foi a ela que São Simão Stock recorreu em momento de profundas dificuldades e dela recebeu, em visão, a mensagem: “Recebe, filho amado, este escapulário. Todo o que com ele morrer, não padecerá na perdição no fogo eterno. Ele é sinal de salvação, defesa nos perigos, aliança de paz e pacto sempiterno”. Neste 16 de julho, Dia de Nossa Senhora do Carmo, se for da sua devoção, agradeça a ela essa grande dádiva!




0 Comentários