Amizade verdadeira conecta os corações, não importa a distancia em milhas ou quilômetros, nem a latitude e longitude. "Se uma boa amizade você tem, louve a Deus, pois amizade é um bem".




        A amizade seria um amor que nunca morre? No início podemos fazer dela como uma semente plantada em terra fértil, que se for regada, adubada e cultivada com todo cuidado, germinará, dará flores e frutos.

              Vale mais ser amigo do que apenas ter amigos.

              Ser amigo é estar juntos, ainda que fisicamente separados , é preocupar-se com o outro. Criando formas de se falar, de se ajudar e não cobrar nada por isso, só ajudar e ajudar.



        Na amizade verdadeira não há imposições, porque já se conhecem os limites do outro, não há julgamentos, porque já se sabe que ninguém é dono da verdade e acredita-se que depreciar um amigo pode causar danos irreparáveis, deixando cicatrizes profundas.

        Na amizade verdadeira nunca se dá ênfase a conflitos e divergências. Quando existe diferença de valores, crenças e credos, não há discordância, pois não existem debates, não há necessidade de persuasão, pois ali prevalece o respeito.

          A amizade verdadeira não exige que sejamos inseparáveis, mas que, quando separamos, continue tudo igual, e quando sentimos a dor da ausência do amigo distante, ele aparece e fica ao alcance de nossos braços e abraços nos fazendo sorrir, trazendo à tona toda a essência desse prodígio.

       Verdadeiras amizades devem ser cultuadas e celebradas a qualquer momento como raridade. 

         Verdadeiras amizades são fonte de revigoração e devem ser celebradas a cada instante.
        

0 Comentários