Como dizia Caio Fernando Abreu: “Bonito mesmo é essa coisa da vida: um dia, quando menos se espera, a gente se supera. E chega mais perto de ser quem – na verdade – a gente é.”



          Talvez  ser feliz seja bem mais fácil do que se imagina. Basta manter o coração o mais limpo possível. Um coração limpo  tem maiores chances de estar mais preparado para receber um novo amor com  essa mesma predisposição de fazer dar certo.

           Um coração limpo não significa um coração sem marcas. Nosso coração é cheio de marcas e de cicatrizes, mas se seguimos em frente é porque deu tudo certo.

         Parece meio automático, mal saímos de um relacionamento e já queremos entrar em outro. Tudo para não pagar o preço das consequências de uma decisão, medo de sentir saudade, carência afetiva, desejos ou até rejeição.


         Porém, fique certo que limpar um coração exige tempo e nesses casos ele fique tão longo, não é?

Para uma relação dar certo temos que sair zerados, sem traumas trazidos de relações anteriores.

        Querer que um novo amor cure traumas ou faça uma faxina emocional sem a nossa participação é surreal, no mínimo.

       Tudo o que acontece tem um motivo e ninguém cai de paraquedas em nossa vida. Mesmo dos relacionamentos ruins tiramos aprendizagens que vão conosco para sempre, nos ajudando a saber escolher melhor o que queremos e o que não queremos mais nas nossas vidas.

        Mas, então, purifique sua mente, busque equilíbrio emocional e pare de aceitar migalhas de atenção.

       Entenda que você é muito especial, um ser único e, como tal, merece um relacionamento leve, intenso e duradouro. Acredite no amor, nas pessoas e nas novas possibilidades que surgem na sua vida.

       Limpeza de coração exige constância. É um exercício diário de equilíbrio emocional, autocontrole e amor próprio. É acreditar que a vida acontece agora e que, embora o passado tenha muita importância, não é capaz de determinar o seu futuro.

0 Comentários