As origens do método em Bert Hellinger. A família e suas relações vitais são o ponto de partida para descobrir os antecedentes de muitas das nossas doenças, sejam elas físicas, emocionais ou psíquicas.




        Há mais de 25 anos, Bert Hellinger vem desenvolvendo seu trabalho com Constelação Familiar, proporcionando ao mundo terapêutico, empresarial e educacional um conjunto de
soluções sistêmicas para os mais diversos problemas.

        A família e suas relações vitais são o ponto de partida para descobrir os antecedentes de muitas das nossas doenças, sejam elas físicas, emocionais ou psíquicas. A mesma família e a Ordem em seus relacionamentos também são revelados como fonte de cura.

       Nestes tempos em que nossa cultura tende a se separar cada vez mais do Sistema Familiar, a
experiência prática em trabalhar com as Constelações Familiares mostra que não podemos
desenvolver-nos totalmente e normalmente fora do grupo, da família, do clã.

       Para a Constelação, acreditar que possuímos uma personalidade autônoma em relação
ao todo (ao conjunto de pessoas e relacionamentos que nos cercam) é, em muitos aspectos, uma ilusão​.

       Cada um de nós está unido à nossa família (e, também, à sociedade) através de laços que nos conectam com várias gerações, geralmente inconscientemente e muito mais intensamente do
que à primeira vista poderia ser suposto.



          Bert Hellinger observou a dinâmica que traz identificações e implicações de uma geração para
a próxima. 

          No trabalho das Constelações Familiares, essas dinâmicas e implicações são evidentes.

          Ao trabalhar os eventos e as memórias (e as percepções ou emoções sobre eventos e memórias), as Ordens do Amor podem ser restauradas, dando a cada membro da família um lugar de dignidade e respeito​.

          Ao fim de uma sessão de constelação, aparecem soluções, muitas vezes surpreendentes, para o bem-estar e alívio de todos os componentes do Sistema Familiar. Soluções que libertam o cliente de um peso por, antes, querer expiar ou redimir eventos (doenças, agressões, abandonos etc.) de outros membros familiares, via de regra antecessores.

0 Comentários