Quando decidimos cortar o contato e deixar definitivamente um relacionamento para trás…


                                           
        Há o momento exato. Um click mais nada e zaz traz, o presente vira passado e VOCÊ fica na indecisão se por acaso não seria ele o futuro.

       Queira você ou não, tudo na sua vida que começa vem com prazo de validade, tem seu momento exato de acabar.

       Mais grave ainda quando se trata de uma pessoa que veio com o destino de passar, de ir logo, mas permanece ali se demorando.

       Por mais que façamos nossa parte para mantermos todos os nossos relacionamentos saudáveis, em alguns momentos não temos outra escolha a não ser nos distanciarmos e cortarmos o contato.

      Essa atitude é motivada pela necessidade absoluta de nos colocarmos em primeiro lugar e preservarmos a saúde emocional que nos faz ser alguém com diferencial na multidão.

       Mesmo assim, o afastamento pode se tornar uma enorme dificuldade para todos nós.

        O cérebro humano é programado para criar novos relacionamentos, para nos conectar uns aos outros, não para nos afastar; por isso é comum relutarmos tanto para abandonar uma conexão. Mesmo que o nosso interior  avise que há algo errado ali.
       
         Dessa maneira, ao invés de cortar relações, acabamos por mantê-las em nossas vidas de alguma forma escamoteada, o que pode só nos prejudicar cada dia mais.

        Porém, não seria muito concluir que precisamos eliminar algumas coisas de nossas vidas para que outras possam chegar.

0 Comentários