Nada nos pertence mais do que a história. Sim a história de nossa família nos pertence. Somos a nossa família e ela é um lugar onde somos essenciais, especiais, indispensáveis, insubstituíveis. 

         Estamos vinculados à nossa família, ela é uma parte de nós e marca a nossa personalidade, com todas as forças e fraquezas que temos.

         A Constelação visa, de forma prática e vivencial, dissolver antigos padrões (conflitos e doenças que se repetem) familiares que de alguma forma impedem o fluxo do amor, que é livre entre os membros de um sistema.

          Ela atua de forma direta principalmente nas questões do sistema familiar, abrindo espaço para uma nova compreensão e cura desses padrões. 

          Numa sessão de Constelação a solução dos problemas torna-se possível quando a ordem básica sistêmica é restabelecida, os familiares excluídos voltam a ser respeitados e aceitamos com generosidade e amor a nossa herança familiar.




0 Comentários