"Tudo tem o seu tempo determinado e há tempo para todo propósito debaixo do céu: há tempo de nascer e tempo de morrer; tempo de chorar e tempo de rir; tempo de abraçar e tempo de afastar-se; tempo de amar e tempo de aborrecer; tempo de guerra e tempo de paz." (Eclesiastes)





        A dificuldade para gerir com eficácia o próprio tempo é um problema para muita gente, no nível social, pessoal e profissionais. 
        No entanto, a dificuldade incomoda ainda mais que tem seu próprio negócio e, com isso, precisa gerir não apenas suas atividades pessoais e profissionais, mas garantir o sucesso d a empresa como um todo.
       Na ânsia de dar conta de tudo, muitos empreendedores acabam assumindo jornadas extenuantes de 14, 16 e até 18 horas por dia. O resultado é muito estresse, pouca produtividade e, não raro, problemas de saúde e de família.
        Saber administrar o relógio de forma inteligente é fundamental para qualquer dono de negócio. Assim é fundamental para todos:

 1 – Planejar o ano, o mês,  o seu dia e a sua hora.

Quer quer empreender com êxito, ter mais produção e resultado,  precisa se planejar. Trata-se da  antiga listinha de tarefas no  caderno ou para os modernosos em algum  aplicativos mobile; tendo classificação para  elencar  as atividades nessa lista:  prioritárias, secundárias, acidentais. Jamais confundir ações essenciais, importantes e urgentes; O momento de decidir é na hora de tomar a decisão de anotar e não no meio do fogo cruzado no meio da correria no decorrer da agenda.


2 – Planejar a sua semana

Dizem que só quem sabe o que vai fazer daqui um ano, sabe o que quer da vida. Portanto, saiba o que quer fazer em cada dia da próxima semana. Não basta apenas saber o que você fará amanhã. Para controlar o seu tempo, é fundamental  fazer um planejamento  mais longo, o mais longo  que você puder. Ninguém deve nem pode ficar  refém das necessidades imediatas, e sem um planejamento você vai no barulho, de apelo em apelo do movimento e não difere mais depois de um certo tempo o que vai gerar resultado e o que vai apenas distrai-lo de seus objetivos.


3 – Evite fazer tudo sem contar com os outros. Nunca dá certo.

Um dos pontos que mais atrapalham  na gestão do tempo é a dificuldade de  delegar tarefas.Temos que  abrir mão do controle e até mesmo de contratar pessoas em quem  confiamos. Para assumir   funções mais estratégicas que são fundamentais para o  negócio temos que abrir mão das tarefas operacionais. A solução é  aprender a delegar.

4 – Em vez de controlar, gerencie. 

Você ode tentar, tentar, se extenuar, mas nunca vai conseguir dar conta de todas as tarefas. Confie em si mesmo e crie uma equipe, ninguém produz o que é fruto do trabalho de uma equipe bem treinada e disciplinada. Você deve se preocupar em criar processos na empresa que o ajudem a gerenciar o trabalho das outras pessoas, mas nunca assumir o lugar delas. Lance mão de  softwares de planejamento, já existem produtos que ajudam a gerenciar metas, equipes e tarefas,.

5 – Saiba dizer não.

Costumam dizer que o gestor  procurado que sabe dizer com firmeza e honestidade um categórico
NÃO,  faz a roda girar a seu favor. Tomar decisão, desagradar para garantir o êxito da causa comum é osso do ofício. O senhor sim sim, o que concede sempre, perde todas, sempre acaba  refém de todo mundo. . Com isso ninguém  amadurece.

6 – Poucas  reuniões, por favor, e rápidas.

Quanto mais reuniões, mais desmotivação, picuínhas, desperdício de tempo, dinheiro energia, Muitas vezes o excesso de reuniões está ligado à necessidade d o gestor de mostrar poder e sentir prestigio, quando quer  controlar  tudo o que acontece ali. No fim, os resultados escorregam pelos dedos, pois
comprometem a produtividade, sem trazer benefícios concretos. Fora i sso, como geralmente
não aplica boas ferramentas de gestão, acaba usando as reuniões apenas para acompanhar o trabalho da equipe e se exibir.

7 – Mas,  tendo reuniões, seja objetivo,

Mesmo após eliminar as reuniões desnecessárias, o empreendedor ainda precisará lidar com aquelas que têm de fato um objetivo. Só que elas muitas vezes se alongam sem necessidade e, além de tomarem o tempo pessoal do empreendedor, prejudicam a produtividade de sua equipe. A dica de Siqueira para este ponto é estabelecer temas claros a serem discutidos e um prazo para o fim da discussão. “Sempre que for agendar uma reunião, antecipe o assunto. Isso precisa estar claro antes da reunião, caso contrário ela fica pouco produtiva e as pessoas se dispersam”, aconselha.

8 – Fuja das distrações

Dizem os iludidos que são multitarefas, que fazem tudo ao mesmo tempo agora. Mas é uma teoria exibicionista que na prática não funciona. Muitos amigos virtuais poderiam ser chamados de inimigos reais pelo nível de distrações (leia-se prejuízo) que nos acrescentam ao currículo. Eles vêm das trincheiras do  Facebook, WhatsApp e e-mails. Quem consegue  se concentrar por muito tempo numa coisa, por mais importante que ela seja (como o planejamento de uma nova estratégia de trabalho). Cabem aqui medidas extremas e defensivas como  bloquear as redes nos momentos que exigem maior concentração, a fim de evitar interrupções.

9 – Faça pausas estratégicas, bem planejadas.

Quem dera funcionasse assim. Fechadas a redes sociais e pimba, a produtividade bomba.
A  mente precisa de  pausas  para  voltar a produzir,  paradas estratégicas para espairecer as ideias.  estabeleça pausas para navegar nas redes sociais, interagir com quem estiver por ali ou faça  uma meditação, oração.

10 – Personalize e domine  seu e-mail

Receber e enviar emails  também come o tempo e evapora o resultado. Aacabe com a cultura dos e-mails com cópia dentro da empresa, muitos aconselham e com razão. . Desperdiça energia. Separe um  um momento certo para se dedicar às mensagens. Se você precisar  escrever mais de três parágrafos, ligue e converse, senão dê respostas curtas, diretas  e objetivas.

11 – Sem jornadas extenuantes.

Os casos de empreendedores que trabalham até 18 horas por dia são muito comuns. Porém, as jornadas extenuantes são inimigas da produtividade. No caso do empreendedor há um agravante: ele pode querer exigir o mesmo empenho de sua equipe, o que gera problemas sérios para a empresa. “Eu cometi esse erro. Trabalhava 16 horas por dia e queria que todos fizessem o mesmo. Eu não tinha vida e não aceitava que os outros tivessem. Uma jornada como essa deixa o empreendedor hiperativo, prejudica sua saúde e lá na frente a empresa sente esse impacto”, avisa Christian Barbosa.

12 – Cuide da sua saúde


Deveria ser a primeira mas é a ultima forma de sugerir bons hábitos a quem deseja ganhar tempo. 
Ninguém tem nada se não tem saúde. Saber administrar o seu tempo significa também garantir espaço na agenda para cuidar do corpo e de suas relações pessoais, da vida social, da espiritualidade. Isso potencializa o sentido da vida, gera mais energia, mais motivação. .Há uma relação direta entre vida pessoal e trabalho."Aproveita o tempo porque o tempo não volta, o que volta é a vontade de voltar no tempo." Tenha fama, fortuna, beleza, poder, mas não desperdice a vida administrando mal o tempo,

0 Comentários