Se queres de fato amar, prepara-te para receber amor. Que escolha de felicidade está disponível que, se você escolhesse, criaria uma vida mais incrível, uma realidade mais incrível para você e um mundo mais incrível para todos nós? O que pode ser melhor?
                                         

  Se queres amar, prepara-te para ser amado. Receber não é tão simples quanto parece.                                                                                       ...................................


“Te advirto, seja tu quem fores! Oh! Tu que desejas sondar os arcanos da natureza, que se não achas dentro de ti mesmo aquilo que buscas, tão pouco poderás achar fora. Se tu ignoras as excelências de tua própria casa, como pretendes encontrar outras excelências? Em ti está oculto o Tesouros do tesouros. Oh! Homem! Conhece a ti mesmo e conhecerás o universo e os deuses."  (Tales de Mileto)




 Às vezes, dominados pelo pensamento contido e emoções limitadas,  olhamos tudo e não enxergamos nada além dos limites que condicionam muitos a viverem uma vida indesejada, rotineira e repetitiva, descrente e frustrante.

 Respiramos sem pagar nada mas não intuímos o quão simples seria acessar algo melhor que de tão melhor pode ir melhorando até que seja algo que muda sempre para nos criar em busca da perfeição original extasiante, para nos fazer feliz o tempo todo numa felicidade plena por ser felicidade sempre, cada vez mais plena. 

O que há de muito bom em você que seja tão bom que possa ser bom mais ainda e de tão bom torne-se parte de você o tempo todo? 

O dom da vida se reinventa  amorosamente e se expande no tempo a cada instante em que se recria; muitos de nós nem percebemos o quanto o universo é prospero, saudável, imenso, doador e generoso para quem o acolhe recebendo o que ele tem a oferecer.

Preciso dizer como foi o meu encontro com a terapia de Barras de Access. 

Foi bem de repente, sem muito planejar, mas  arrebatador.  Não fui até Access, eu estava preparado e ela veio a mim. 

O sacrifício é um ato inútil, sofrer, ralar tem o seu valor, mas nem há muita necessidade disso. Access é  uma técnica quase infalível que acessou a minha felicidade para mim e para milhares de pessoas ao redor do mundo.  

Ela me ensinou a ajudar pessoas como você a acessarem também a própria felicidade contida nos 32 pontos cerebrais. 

Access é Consciência de Acesso, uma terapia que se você também conhecer vai se apaixonar por você mesmo e por reconhecer o valor das pessoas ao seu redor. 

Nada é tão sublime como ser feliz nem realizador o suficiente além da capacidade de acessar a felicidade na hora e do jeito que desejar.

A cada palavra  de afirmação consciente que ouvir ou falar, a cada movimento das mãos do terapeuta uma constelação vai se formando no seu universo neural. Dali vai embora todos os problemas da vida, todos.

O que pode ser melhor agora do que eu acho que está bom? 

Perguntar ajuda a criar, a Inovar,  a plenificar. Responder é, no caso de Access, menos importante, quase desnecessário. 

A pergunta expande, respeita, gera novas perguntas; a resposta limita, diminui, determina e dificilmente  permite outras respostas.  

Apergunta é aberta, a resposta é fechada.  

A pergunta é dúvida, a resposta é certeza. A certeza entedia a dúvida desafia e estimula. Tudo pode ser melhor porque nada permanece  igual  quando nós queremos que seja mudado por meio de uma simples pergunta.

Sempre fui apaixonado por tudo que ajuda pessoas, que modifica estados de espírito e ressuscita corações e mentes.

Não sei viver sem essa ebulição que transmuta todas as coisas sem julgamentos nem sacrifícios.

 Sou na história o primeiro terapeuta de Barra de Access aqui no imenso norte brasileiro região da Bacia Amazônica bem enxergada pela direção mundial do movimento nos Estados Unidos. Sou fixado em Araguaína, o segundo maior município do Tocantins, o mais rico e, de longe, o mais desenvolvido dos municípios do Estado, situado bem na divisa com o Pará e com o Maranhão. 

É meu propósito de vida tornar possível com naturalidade o que é tido por impossível, aliviar pelas pontas dos dedos as dores tidas por incuráveis e transmutar sofrimentos humanos que as pessoas dizem que não conseguem suportar mas passam a vida tentando, às custas da própria felicidade.  

Que escolha de felicidade está disponível que, se você escolhesse, criaria uma vida mais incrível, uma realidade mais incrível para você e um mundo mais incrível para todos nós?

 Essa é uma pergunta que fazemos e adoraríamos compartilhar maneiras mais fáceis de trazer felicidade para sua vida todos os dias!

Entendemos que se você está em uma fase da vida em que acha que a felicidade parece algo impossível, isso aqui pode parecer loucura. 

Mas e se algo mais for possível? E se pelo simples fato de fazer uma pergunta atrás da outra você acessar o desejo de ser feliz acreditando na própria felicidade? 

E se a ideia de que seus problemas o impedem de ser feliz seja uma das grandes mentiras que contaram para você e você acreditou?

E se você escolher a felicidade brincando feito criança com as possibilidades como ferramentas para tirá-la(o) da vida miserável de quando você  estagna sem palpite nenhum para seguir em frente? 

 E se os problemas começarem a se dissolverem como a relva no sol e a sua vida mudar para melhor?

 Relacionamentos melhores, um corpo mais feliz, alegria, dinheiro e muito mais virão para você! 

O que você pode escolher agora que vai trazer a você mais felicidade imediatamente? Pergunte e escolha - mesmo que seja por apenas 10 minutos! Seguem os quatro passos para você acessar a sua felicidade;



PASSO 1:

A quem pertence isso?

Essa pergunta  deve ser explorada como um a ferramenta corporal poderosa que permite a você clarear a sua mente.  Vou contar algo que aconteceu em casa num sábado de manhã quando a minha esposa reclamou :

“Estou com  dor de cabeça”. (uma sensação que ela tinha muito frequentemente  e alimentava involuntariamente em si essa aparente impotência pessoal.

Tive o expediente de por intuição aplicar essa técnica perguntando ao corpo dela o que poderia ser aquilo e a quem pertencia.

                Eu disse: Você já perguntou a quem pertence isso? Ela até ficou mais irritada porque imaginara que se estava com dor de cabeça, a dor era dela e de ninguém mais. Mas foi educada: “Não, deixa pra lá, acho que foi algo que eu comi.”

                Certo, interagi. Mas mesmo assim, deixa-me fazer uma ´pesquisa, vamos perguntar se realmente essa dor de cabeça é algo que você comeu e se de fato sua.

                A quem pertence isso, a Genice, sim ou não?  A resposta foi não.  Assustada ela não quis duvidar e se pôs a encurtar o assunto. Ela disse: “Já sei, deve ser o suco com o yogurt que eu tomei em proporção maior, o meu corpo deve estar  reagindo a isso.”

                Não desisto assim tão fácil do que quero fazer e acredito, sim, eu falei, pode ser mas não busque uma resposta racional, pergunte novamente ao seu corpo. Ela perguntou e a resposta foi não.

                Decidi confiar mais no meu taco e testar minha intuição: - experimente perguntar se essa dor de cabeça não esta conecta com aqueles fatos que você à duras penas ultrapassou na vida sem nunca poder esquecer nem superar.

“Ah! Pode ser, as sensações são bem parecidas com as daqueles fatos quando estou na cama nessas condições, será que pode  ser isso? (olha a pergunta como é milagrosa).

                Conduzi com maior segurança:  Veja, você esta assumindo que é a dor é sua, mas não adianta brigar com a natureza, vai,  pergunte novamente ao seu corpo, se isto pertence a você ou se é d outra pessoa?

                Perguntou e a resposta veio prontamente que sim, ou seja, aquela dor de cabeça, a origem foi de outra pessoa ou pessoas que não vem ao caso dizer aqui. Ele passara a infância rodeada de vampiros energéticos, aquelas pessoas que sugam. Praticam sem querer roubo de energia dos outros, claro, no caso dela por pessoas que faziam isso de forma inconsciente e não intencional.

                O que fazer agora, depois disso? Simples! Você devolve esse desequilíbrio energético que está provocando essa dor de cabeça ao remetente com partícula de consciência da devolução:  eu devolvo a quem pertence, não quero para mim.

Em seguida ela não disse, deve ter achado muito estranho como evangélica que é a vida toda, mas não se aguentou:          “Nossa. Que coisa, aliviou e depois de uns 3 minutos,  desapareceu totalmente. Ao ponto de ter diminuído muito as reclamações sobre a dor de cabeça.

                Simples assim? Evidentemente: , sim,  simples assim ... Simples como  a vida. Como a vida?  Mas a vida não é simples? Não? Porém pode e deve começar a ser, com o passo seguinte,  outra ferramenta de barras, que merece que você conheça bem.

                É importante aprender a detectar se aquilo que estamos passando ou sentindo é nosso realmente ou não, porque,  as vezes, assumimos muita coisa dos sugadores de energia  e ficamos , de forma desnecessária,  com dificuldade para resolvê-las  e até nos entupimos de remédio para aplacar uma inconveniente dor de cabeça.  O que mais é possível?

                Impossivel aprofundar tanto assim os passos 2, 3 e 4. Mas vida que segue e um dia tudo que pode ser melhor vai se tornando melhor e faremos mais  isso também.





Passo 2

Leve ou pesado?

Essa pergunta é de uma sapiência tão grande que se constitui numa ferramenta muito simples para descobrir tudo que é verdadeiro e o que não é verdadeiro para você! Você passará a saber imediatamente quando algo vai funcionar para você e melhorar a sua vida e então pode escolher de acordo em cada situação. Faça a pergunta sempre e depois colha os frutos com facilidade.



Passo 3

Tudo vem a mim com facilidade, alegria e glória.

Um enunciado aclarador,  a sua declaração de bem sucedido (a) e a confissão expressa de que deseja que as coisas continuem assim para você. Se houvesse algo muito fácil de verdade e que você pudesse repetir dez vezes pela manhã,  dez vezes a tarde e dez vezes  à noite para mudar sua vida - você faria?



Passo 4

Os super-heróis da consciência: POC & POD



E se algumas palavras esquisitas pudessem mudar a sua vida totalmente para melhor? Você gostaria de saber mais sobre o enunciado aclarador de Access Conciousness  e de como usá-lo em sua vida?  Tenho o prazer de lhe esperar na Via Lux para algumas aplicações da técnica e iluminar o seu futuro para o resto da vida.  Ser feliz de verdade não passa de uma deliciosa  brincadeira de sorrir para sorrir mais, de destravar a mente sem esforço para acessar a sua felicidade!

                              



0 Comentários